Previna-se contra a osteoporose | Fisionorte | Fisioterapia e Pilates
17 de Agosto de 2015
1 Comentários

Previna-se contra a osteoporose

Os ossos crescem até os 20 anos. A partir daí, a densidade aumenta até os 35 anos e começa a perda de massa progressivamente ou osteoporose. O processo é mais rápido nas mulheres, principalmente após a menopausa.

Algumas dicas podem ajudar na prevenção ou no controle da osteoporose:

A ingestão de cálcio é fundamental para o fortalecimento dos ossos. Adote uma dieta rica em alimentos com cálcio (leite e derivados, como iogurtes e queijos). Os médicos indicam dois copos de leite desnatado e uma fatia de queijo branco por dia;
Consuma verduras de folhas escuras, como brócolis, espinafre e couve;
Evite carne vermelha, refrigerante, café e sal;
Exponha-se ao sol de forma moderada. Os raios ultravioletas sobre a pele estimulam a produção de vitamina D, fundamental para a absorção do cálcio pelo organismo. Basta de 20 a 30 minutos de sol por dia, entre 6h e 11h;
Não fume e evite o consumo excessivo de álcool;
Independente da idade inicie um programa de exercícios (pode ser caminhada ou musculação, por exemplo). Entre outras vantagens, ajuda a fortalecer os músculos, melhorar o equilíbrio e os reflexos, evitando as quedas;

Mulheres que entraram na menopausa devem consultar um médico para começar um tratamento especial. A partir de 45 anos, devem ser submetidas a um teste de densitometria óssea;

Obstáculos como móveis, tapetes soltos e pouca iluminação, podem facilitar quedas e, conseqüentemente, provocar fraturas em pessoas com osteoporose.

Saiba como deixar a casa mais segura com algumas dicas:

Na cama, é importante que a pessoa sentada consiga apoiar os pés no chão, evitando assim, a hipotensão postural (tonturas);
A mesa de cabeceira deve ser 10 cm mais alta do que a cama e com bordas arredondadas. Se possível, fixe-a no chão ou na parede, evitando que se desloque caso a pessoa precise apoiar-se nela;
Sempre que possível, instale os interruptores de luz próximos à cama, ou adote um abajur;
Prefira pisos antiderrapantes para áreas molhadas (como box e corredores);
Evite tapetes soltos e prefira os de borracha e antiderrapantes;
O corrimão das escadas deve ter altura média de 80 cm e os degraus das escadas devem ser marcados com fitas antiderrapantes.

Fonte: Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO).
Créditos: Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde

Compartilhe

1 Comentários